15 de jun de 2010

Só queria sentir
me fazer sentir.
Sem saber onde ir,me sinto tão frio
eu sinto tanto frio.
Queria ser um pouco mais de mim.
Queria ver, e um pouco mais ouvir.
Sei que tudo um dia passa
e o resto um sorriso disfarça.
Não existe tempo que não possa apagar.
Tudo se renova em outra certeza
tão forte,que pode provar.
E se eu subi tão alto
não quero que me alcançe.
Se perde em um romance
mas se encontra em outra chance
E agora só o que ficar.
As minhas lagrimas quero ofertar.
Com nosso sangue, sobre seu altar.
Eu me escondo, mas não deixe de me buscar.
estou tão longe que nem me vejo mais.
Mas eu volto
Só não olho pra trás.

3 comentários: