6 de jun de 2010

São lagrimas o que um sorriso esconde
E sobre os montes estarei ali em pé.
Eu busco a fonte, a verdade, a minha fé.
Se ser um anjo é ser humano, então recomeçar.
O que te derruba, te levanta, apenas sonhar.
E acaba pra sempre, mas prea sempre lembrar.
Se fosse assim tão simples
flores seriam tudo.
Apenas a rotina do impossível, que apaga tudo.
E quando a luz retorna, ilumina nosso mundo
E já não existe passado.
Saber esperar, ou tentar entender
e o tempo esgotado.
Se fosse assim tão simples
uma brisa do mar.
Apenas os caminhos e os destinos
Se a luz se apagar.

2 comentários:

  1. Eu realmente gostei demais do teu blog. voltarei sempre. Lindo, parabéns !

    ResponderExcluir